30 de maio de 2011

Poder.

Você pode ser de todos.
pode ser, pode não ser.
Você pode ser o tudo de alguém,
e o nada de qualquer um.
Você pode ser o verso da minha música
e também as lagrimas que me afundam.
Você pode ser o meu desejo,
apenas minh'alma ao som do realejo.

Por Jéssica Oliveira.

2 comentários:

Bruna disse...

Muito bom! Daria um ótimo trecho de música

Tati disse...

Muito bom mesmooo!