12 de janeiro de 2012

Entre o inicio e o fim.

Escute aqui.


Eu: Até meu violão que só exprimia a falta , calou-se naquela tarde. Você conectou o ipod na caixinha de som em cima da mesa do meu computador, e selecionou a música Cuida de Mim, de O Teatro Mágico. Lembra? Suas mãos macias, cheirando a flores do campo, tocaram meu rosto numa delicadeza que jamais havia sentido, então você me pediu que fechasse os olhos, deixasse o violão ao lado da cama, e eu fiz. 

Ela: 
Minhas mãos foram percorrendo seu rosto como se reconhecesse cada centímetro, aproximei meu rosto do seu, até onde eu pudesse sentir suas respiração. E então ...

Eu:
 Eu te beijei.

Ela:
 E então foi assim nosso primeiro encontro? Exatamente assim ?

Eu: 
Foi. Foi assim que nossas almas se encontraram, foi a partir dai que aprendemos a cuidar um do outro, a nos aceitar, a chorar no telefone, a rir abraçados, a nos compreender. Lembra de tudo isso ?

Ela: 
Claro, e depois de tudo isso você aprendeu a me amar ?

Eu: 
Sim. Mas só aprendi por que você me ensinou como ME amar, para então poder amar alguém, minha menina.



3 comentários:

Arianne Carla disse...

Temos nos amar primeiro para conseguirmos amar o próximo. ^^

ღ Carol ღ disse...

Texto bonito, Jéssica!

A vida tem tantas explicações que ficamos confusos sobre o que é prioridade e o que não é importante.

Camila Ferreira disse...

Gostei muito, cara. Mandou bem na expressão de sentimentos no texto. :x