10 de junho de 2011



Estranho é que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é? A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas?


Autor: Caio Fernando Abreu.


P.s: É exatamente assim, quando uma pessoa sai da sua vida, você sente falta por um tempo,depois um outro alguém aparece, tornando-se o centro das suas atenções. Logo, o tempo não cura nada,  apenas altera o grau de importância de cada coisa.

4 comentários:

Ana Cláudia disse...

falou e disse!
Adoro Caio Fernando de Abreu

Arrasou no comentário
;)

@anapribeiro_ disse...

Passando pra dizer que te indiquei pra um tag lá no meu blog. *-*
http://ribeiroap.blogspot.com/2011/06/tag-coisas-que-eu-amo.html
Bem legal o tag.beeijos. (:

Lorena Marques disse...

Caio Fernando é sempre intenso, profundo.. uma ótima nota a se ecoar!

Adorei o blog, ótimos textos.

Parabéns.

Tati disse...

Lindo texto (: