20 de dezembro de 2009

Alguém ao seu lado (I)

Resumo:

Cerca de dois anos, eu namorei um rapaz, e no inicio foi muito complicado, meus pais não aceitavam pelo fato dele ser sete anos mais velho, mas aos trancos e barrancos ficamos juntos.Com o passar do tempo, alias, não tanto tempo, terminamos. Juro que eu morria de raiva dele, achava ele um idiota, imbecil, mas o TEMPO fez questão de mudar isso e hoje a admiração que sinto por ele é imensa, algo inexplicavel, talvez se eu não tivesse passado tudo que passei com ele, por ele e sem ele, eu não o admirasse tanto.

Ter alguém ao seu lado:
Hoje em dia é muito complicado compreender alguém a ponto de se tornar esposa, namorada, noiva. Eu vejo milhares de amigas minhas ficarem com meninos meses, anos e quando o relacionamento parte para algo mais sério, desmorona. Viver ao lado de alguém não é nada facil, é preciso não só gostar, mas admirar, compreender, abrir mão de muita coisa ,ver esse alguém como um amigo, como um ponto de apoio.É estar disposto a chorar junto,  a vivenciar crises , a "modificar" seu jeito de ser, a estar presente nos melhores e piores momentos, enfim ser um companheiro.

Conclusão: Sinceramente, pqp, não aprovo a idéia de estar com alguém por que ele é bom de cama, por que beija bem, por que é bonito, por que isso, por que aquilo ! Você tem que estar com alguém por que ele te faz bem, por que vocês não se entendem [irão se conhecer com o tempo], por que vocês não se completam [são diferentes 1 + 1 = 2], por que vocês não se amam [ o amor é construido ao longo do percurso ]. Eu não quero um namorado, quero um amigo, alguém que eu possa contar mesmo longe, alguém que me faça bem mesmo calado ao meu lado, alguém me diga onde errei, alguém que eu possa ter como exemplo, alguém que me faça chorar de saudade ... ♥


Compreensão:
ação de compreender;
faculdade de perceber;
conhecimento perfeito de alguma coisa;
ato de entender os sentimentos de alguém .


- Não sei por que escrevi isso, mas tudo bem!

Eu aprendi que não posso exigir o amor de ninguém,
posso apenas dar boas razões para que gostem de mim
e ter paciência para que a vida faça o resto;

Que não importa o quanto certas coisas são importantes para mim,
tem gente que não dá a mínima e jamais conseguirei convencê-las.
( Shakespeare )


6 comentários:

Tauan disse...

Que massa jel,ainda vou comprar um livro seu namoral hauhsuhaus ♥

Camila Ferreira. disse...

- Coisa inexplicavel essa coisa de amor não é? Concordei com vários pontos. Ótimo post!

''Tay' disse...

Ée, amor é uma coisa dificil de se compreender.

Camila S. disse...

"alguém que eu possa contar mesmo longe, alguém que me faça bem mesmo calado ao meu lado, alguém me diga onde errei, alguém que eu possa ter como exemplo, alguém que me faça chorar de saudade ... ♥" adorei

Enathanielle Thiele disse...

eeu não quero apenas um namorado,quero tbm um amigo para poder contar em todos momentos!
Texto fodãão PARABÉNS

Anônimo disse...

Minha irmã, minha filha, minha linda! Acho que é a primeira vez que eu comento seu blog.
Não é fácil amar Jel, sabe porque, porque amor é íntimo, e quando expressamos, esperamos, que a flecha venha em sentido oposto na mesma intensidade. E o amor é aprendizado. Deve ser vivido em esperar realmente, mas se for verdadeiro, o retorno vem. Se não for, que aprendamos com as decepções e amadureçamos pras próximas investidas. Beijão, Ivandro